sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Espírito Santo - 1º Birding Photo Challenge


O verdadeiro espírito birdwatching (foto Léo Merçon)

Nem tudo são flores na observação de aves, ainda mais quando o evento é competitivo. Só que não. Quando fui convidada pelo Gustavo Magnago para participar do 1º Birding Photo Challenge fiquei com muita vontade de ir, mas fiquei logo imaginando como seria isso na prática.

Eu sou daquelas que “adora” uma competição - bem longe de mim. Embora eu adore me superar, superar meus medos e barreiras e enfrentar desafios, não gosto de competir com outras pessoas.

A vida já é uma eterna competição pela sobrevivência. A gente já nasce competindo pelo carinho dos pais. Durante boa parte da nossa juventude passamos competindo pra vencer. No meu caso, joguei volei durante mais de 15 anos, atividade altamente competitiva e desgastante. As "migas" crescem juntas competindo pelos melhores "boys magias" do pedaço e vice-versa. (rs rs rs) Depois passamos anos e anos no trabalho. Particularmente a competição acirrada no trabalho quase me custou a vida (tive um AVCi por estresse e excesso de trabalho). Infelizmente poucas vezes nos ensinam que compartilhar é melhor do que competir.

 A decisão de não competir por mais nada me fez repensar o convite, mas apaixonada pelos “penosinhos” e pela observação de aves, sabendo que amigos tão queridos iriam participar, me fez aceitar o irrecusável pedido do meu amigo Gustavo. E melhor ainda por ser num lugar tão maravilhoso como a Reserva Natural Vale. Sendo assim, "boralá"encarar mais esse desafio.

Mas meu intuito era participar e levar a todos a importância da amizade, do companheirismo, do sentimento de união, e acima de tudo, levar ao “mundo” um pouco da importância das nossas aves e da preservação do meio ambiente.

E não foi diferente, durante o fim de semana pude constatar a importância que isso teria antes, durante e após o "dia D". Para conseguir atingir o objetivo proposto precisávamos contar um com o outro o tempo todo, fosse para "assobiar" ou usar um apito para chamar aves (era proibido "pleibecar"), tirar um galho da estrada, ver e apontar uma ave, substituir um auditor sonolento, auxiliar no tratamento e escolha da imagem do concorrente, até dividir uma cervejinha no final (rs rs rs). Solidariedade foi a palavra chave.

Juntos e unidos pudemos transpor diversos obstáculos, superar as dificuldades, nos apoiar mutuamente, rir muito das coisas mais bobas do mundo (como fazer xixi no mato, né Rayany?), compartilharmos nossas experiências e habilidades, tudo para alcançar nosso objetivo projetado.

Eu e Andrea nos aproximando da pararu-azul - foto by Gabriel Bonfá

Assim pudemos dividir os méritos das nossas conquistas. E a premiação final embora tenha pertencido a uma minoria participante, eu entendo que todos saímos ganhadores. Fiquei muito feliz que o meu "rabito-leque" ganhou menção honrosa. Confesso que a foto foi feita sem querer. Saiu na hora do clic-clic-clic 10/s da câmera.

um vissiá (Rhytipterna simplex) saindo do poleiro

Ganhamos novos amigos, novas experiências, enfim, um final de semana inesquecível. Só teve um momento triste, a despedida. Mas eu afirmo e quero que essa despedida tenha apenas plantado o desejo do reencontro.


Eu e Andrea "competindo" pela comida - foto by Gustavo Magnago

No mais só posso agradecer a todos, TODOS mesmo, participantes diretos, organizadores e colaboradores diversos, seja a equipe da cozinha, da segurança e até os simpáticos hóspedes que após saciarem sua curiosidade, ao cruzarem comigo vestida de fiscal do IBAMA, me desejavam boas fotos e boa sorte. Aproveito para agradecer a companhia dos amigos Claudia Brasileiro e Rodrigo Agostinho por estarem lá e me aguardarem chegar do mato com uma geladinha pra mim.

Rodrigo, Claudia, Guto e eu 
Dá para ficar horas aqui contando histórias, mas essas eu conto quando estiver num barzinho com os amigos. 

Aproveite para curtir um pouco as fotos feitas pelos participantes e organizadores que coloquei nesse foto-vídeo.  


CRÉDITOS 
Edição do vídeo: Silvia Linhares
Fotos do vídeo: Silvia Linhares, Rayany Soeiro, Léo Merçon, Gabriel Bonfá, Gil Peres, Jardel, Justiniano Magnago, Gustavo Magnago, Andrea Faria e Jackeceli Rizzo (desculpe se esqueci alguém)
Música: BlackBird (BlackFlamingo)

Saiba o que foi o evento:

O 1º BIRDING PHOTO CHALLENGE foi realizado no período de 17 a 19 de Novembro de 2017 na Reserva Natural Vale em Linhares/ES

A Vale mantem em Linhares, região norte do Espírito Santo, há 60 anos, a Reserva Natural Vale. No local podem ser encontradas quase 400 espécies de aves, algumas até ameaçadas de extinção. É um local propício para a prática da atividade de Observação de Aves. No segmento do turismo de natureza, a observação de aves é que mais chama a atenção e se destaca por ser uma atividade de recreação ao ar livre, economicamente viável, educacional e compatível com a preservação ambiental.

O *Birding Photo Challenge* foi uma competição entre fotógrafos que disputaram por fazer a melhor fotografia de ave ao longo de um dia inteiro de campo. Só podiam ser apresentadas fotos realizadas no dia da competição. Como tratou-se de um projeto experimental, o evento foi fechado para convidados com a participação de um grupo seleto da observadores de aves do ES e de outros estados.

Os fotógrafos percorreram a Reserva Natural Vale utilizando um veículo disponibilizado pelo evento. As fotos foram escolhidas por jurados e as três melhores, receberam troféus. Foi um momento de interação entre observadores que estiveram em meio a uma das áreas mais preservadas do bioma Mata Atlântica.

Eu confesso que fiquei surpresa com o nível de organização do evento. Parabenizo a todos e desejo que ele se repita todos os anos e em mais UCs do país.

Saibam quem foi quem:

Organização: 
Gustavo Magnago; Marcio Santos Ferreira; Jackeceli Nunes Falqueto Rizzo; Rayany Soeiro; Henriqueta Pinheiro; Marta Moreira; Letícia Belgi Bissoli Magnago; Tainá Uliana Modolo

Jurados (Convidados)
Guto Carvalho; Dolores Colle; Léo Merçon; Cap. Fabrício (PMA)

Auditores:
 
Jardel Rezende; Justiniano Magnago; Brener Fabres; Paolo Rocha; Jackeceli Nunes Falqueto Rizzo; Rayany Soeiro

Participantes: 
Paulo José; Carlos Hartur Ribeiro Noia; Filipe Pacheco Ventura; LeopoIdo Plvovar PIotecya; Werles Tragino; João Alberto Maia Linhares; Andrea Faria Santos; Gabriel Bonfa; Silvia Faustino Linhares; Jacques Passamani; Roberto De Oliveira Silva; Gil Ribeiro Péres; Giuberto Antonio Gabriel; Leodério Velten; Aureo Guaitolini; Otávio Dalvi; José Dioenis Matiello

Foto by Leo Merçon
Brener, Jardel, Justiniano,  Cap. Fabrício, Márcio, Henriqueta, Guto, Letícia, Leo, Dolores, Rayany, Jackeceli, Paolo, Tainá e Gustavo - Foto by Silvia Linhares

Gil, Áureo, Giuberto e Paolo - Foto by Leo Merçon
João, Werles, Leopoldo e Jackeceli - Foto by Leo Merçon

Leoderio, Brener e Roberto - Foto by Leo Merçon

 Dioenis, Justiniano, Jacques e Otávio - Foto by Leo Merçon

Gabriel, Andrea, Silvia (eu) e Rayany - Foto by Leo Merçon

Carlos Hartur, Paulo, Filipe e Jardel - Foto by Leo Merçon

Pará - Expedição mãe-de-taoca-arlequim

Em construção - aguarde