quarta-feira, 27 de abril de 2011

A Observação de Aves

"O que agrada aos olhos faz bem ao coração."

Às vezes, é inusitado e até mesmo intrigante ver pessoas no campo, em rios ou matas, por horas a fio, atentas às aves, insetos, plantas e tudo mais, relativo à natureza. Ora permanecem escondidas, ora se deslocam daqui para lá e de lá para cá. Outras vezes, em silêncio, ficam imóveis demoradamente, parecendo estar dissolvidas no ambiente.

Quando inquiridas sobre tal comportamento dizem estar observando aves.

Para que serve um observador de aves?

sexta-feira, 22 de abril de 2011

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Olhar e não ver - por Helio de La Pena

por  Helio de La Pena

Há cerca de dois anos levei meu filho, na época com sete anos, para um passeio no Jardim Botânico do Rio. Não era um passeio qualquer e sim um encontro de observadores de aves.

Como toda criança, João curte bichos. Achei que iria gostar de ver uns pássaros e aprender um pouco sobre eles com ornitólogos e apreciadores de penosas. O efeito foi maior do que imaginava. O garoto passou a se interessar profundamente pelo assunto. Tornou-se frequentador assíduo deste encontro, me levando à tiracolo. Nos aniversários, ao invés de carrinhos ou bonecos, pedia binóculos, máquina fotográfica, gravador de som, todo o equipamento necessário para se tornar um observador de pássaros profissional.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Morta após agressão, coruja vira estátua na Colômbia

Você já deve ter visto esta história ao longo do último mês. A coruja-mascote do Atlético Junior de Barranquilla morreu depois de levar um chute do panamenho Luis Moreno, zagueiro do Deportivo Pereira.

Neste semana, o clube de Barranquilla inaugurou uma estátua em memória da ave vitimada pela agressão de um zagueiro sem compaixão. Apesar de não repercutir internacionalmente quanto a morte, a notícia da inauguração ganhou espaço nos jornais locais, como o La Libertad, de Barranquilla.

Crédito: Reprodução/La Libertad

De acordo com o jornal colombiano, a iniciativa de criar uma estátua para a coruja partiu do jornalista local Jorge Cura.

Veja como foi a agressão que terminou com a morte da mascote do Atlético Junior:


Fonte: UOL Esporte